Newsletter

Educação

Reserva Nacional do Niassa e Universidade Católica rubricam memorando de entendimento

13.03.2019

No momento da assinatura do memorando

A Reserva Nacional do Niassa (RNN) e a Universidade Católica de Moçambique (UCM) rubricaram no passado dia 5 de Março um memorando de entendimento, durante a visita que o reitor daquela instituição de ensino superior efectou à maior área de conservação do país.

Em termos objectivos, alguns ditames do memorando assinado já estão a ser operacionalizados através do trabalho de colaboração na comunidade Ntakuja no distrito de Mavago, em que a UCM conseguiu ter um fundo da Embaixada dos Estados Unidos para a implementação de um projecto de produção de mel denominado “Mel 100% Puro”.

São linhas mestres deste memorando as seguintes:

1. Adoptar uma comunidade residente na ou ao redor da RNN para a criação de laços fortes de aprendizagem mútua sobre o uso sustentável dos recursos naturais (apicultura, fomento pecuário, educação nutricional, educação ambiental, agricultura e conservação, pesca sustentável, conflito homem vs. fauna bravia e outras relevantes);

2. Apoiar a RNN na instalação de um Centro Interactivo de Desenvolvimento Comunitário, cujos detalhes serão desenvolvidos em um projecto separado;

3. Apoiar a Universidade Católica de Moçambique – Faculdade de Gestão de Recursos Florestais e Faunísticos (FAGREFF) na realização de um museu de conservação para fins educativos e documentais dos alunos e da sociedade no geral.

O memorando de entendimento entre as partes tem a duração de 5 anos, e foi assinado pelo administrador da Reserva Nacional do Niassa, Baldeu Araquechande, e pelo reitor da UCM, Prof. Doutor Padre Alberto Ferreira.